sábado, 16 de maio de 2009

Crisálida



Tenho todo o meu tempo
Para amar e alegrar
Tenho a coragem guerreira
Para lutar e vencer!
Mas descubro a cada dia...
Sou pequena no medo
Da insensatez do mundo.

Escondo-me no meu casulo
Tal qual bicho-da-seda ferido
E quando desperto descubro
No vínculo da amizade
Que a ternura existe sim
Em muitos corações.
Sorrindo viro uma crisálida
Em novo vôo para a vida!

A palavra doce me encanta
Faz a tristeza superar
Deleita a minh'alma
Com sementes de alegria
Da mais renovada energia
De poder continuar.

Autora Yara Nazare

Nenhum comentário: